Skip to content

Tag: youtube

New Toy: Sony Bravia KDL-32EX305

Essa semana recebi um presentinho que me proporcionei. Trata-se da incrível TV LCD Sony Bravia KDL-32EX305. Vejam a elegância da criança:

Ela tem 32 polegadas, resolução de 1.366 x 768 pixels, 4 entradas HDMI, entrada USB para reprodução de vídeos, músicas e fotos, entrada de rede Ethernet, conversor de TV digital integrado, e mais um monte de coisas.

Mas isso é só uma sopa de letrinhas e especificações que se não forem bem aproveitadas não servem de nada, não é mesmo? O que importa é a TV funcionando. Então vamos lá!

Minha TV chegou na última quarta-feira durante o dia, e como eu estava no trabalho, e depois saí com o pessoal do trabalho para um happy-hour, só consegui iniciar a montagem por volta das 22:30. Posso dizer que foi uma das coisas mais simples que eu já fiz na vida. Para montar a base é só seguir o desenho que vem junto: fixar 4 parafusos, encaixar um acabamento que esconde a estrutura de sustentação em metal, colocar a TV na base (com a ajuda do meu pai), fixar mais 4 parafusos e pronto! Depois é só ligar os cabos (eu liguei o cabo da antena e o cabo de rede, que já estavam preparados), ligar a TV na tomada e apertar o botão de liga no controle remoto (depois de colocar as pilhas no controle remoto, claro!).

Não vou perder muito tempo com as configurações iniciais, basta saber que é tudo bem explicado na tela da TV, e que os canais já são programados nessa fase, tanto os analógicos quanto os digitais. Aqui em casa foram encontrados os 6 canais digitais disponíveis em Brasília: TV Brasil HD, Band HD, Record HD, Globo HD, SBT HD e TV Justiça HD. Uma pena não termos a RedeTV! HD aqui ainda. O horário, como na todas das TV’s com conversor integrado que eu vi, pode ser ajustado automaticamente.

Hora de finalmente usar a TV para aquilo que ela se propõe: assitir! Primeiro coloquei na Globo HD, para ver o jogo que estava passando (Grêmio x Vasco, num lameiro só). Aí eu ví nas informações que ela mostra quando se troca de canal que o sinal vinha da antena, que a resolução da transmissão era 1080i em 16:9, a hora (22:55), o programa que estava sendo exibido (Futebol 2010), E UMA FAIXA PRETA DE CADA LADO DA TELA! Aí eu pensei que tinha que configurar alguma coisa…

Procurei no manual dela (i-manual, na tela da TV. No papel mesmo só as instruções de montagem e aquelas soluções para alguns problemas) e nada de encontrar alguma coisa sobre selecionar a resolução da transmissão. Comecei então a fuçar no menu dela (falo mais sobre ele depois) e encontrei uma seção em que a imagem é ajustada para 16:9 automaticamente quando a transmissão for 4:3, ativei e… Nada! Coloquei na Band HD e a maldita faixa preta de cada lado estava lá de novo. Aí eu usei um recurso que ela possui de ajustar a imagem pra sumir com a faixa preta (chamado wide zoom), ao apertar o botão wide no controle.

Eu já estava desapontado! Poxa vida, minha TV novinha, que eu escolhi a dedo na Internet, não mostra o jogo em 16:9, mesmo com a transmissão em 16:9… Mudei de canal para a Record HD, que estava exibindo o filme do Hulk e… Imagem 16:9!!! Tela inteiramente preenchida, com uma qualidade incrível: aqui eu vi que o Bravia Engine 3 realmente faz diferença! Estava passando uma cena que se passava em um campo gramado, e que verde incrível! Que cores são aquelas! Realmente faz diferença, as cores, os contrastes, os pretos que não são lavados (como desdenham das telas LCD os donos das telas de Plasma). Aí eu descobri que aquelas faixas pretas não são defeito da TV, e sim das emissoras, que transmitem futebol em 4:3, sei lá em que resolução, e colocam no canal HD. Que vergonha!

Aí resolvi testar um recurso que me encheu os olhos e foi um diferencial na hora da compra: o Bravia Internet Video. Com ele, é possível assistir vídeos em diversos canais da Internet diretamente da TV: YouTube, DailyMotion, entre vários, com destaque também para o iG, que mostra que houve um cuidado em acrescentar conteúdo nacional nas opções). Testei o YouTube. O canal é o que me parece mais trabalhado, sendo possível fazer login na sua conta, assistir seus próprios vídeos, os favoritos, listas de reprodução. Os vídeos carregam rápido na minha conexão de 2Mbps da Oi, e rodam sem engasgar nem ficar parado esperando durante o streaming. Pensei em gravar um vídeo sobre o funcionamento, mas prefiro indicar um link da própria Sony que mostra como funciona o recurso, é exatamente desse jeito: clique aqui para ver. Também é possível ver as fotos no Picasa, mas isso eu não testei ainda. Show de bola, realmente!

E para ver como os recursos são realmente bem aproveitados (ao contrário do acelerômetro do N95), a atualização do software da TV é feito enquanto ela está no stand-by, automaticamente.

Ontem também testei o recurso de assistir vídeos através da USB. Conectei meu Nokia 5530 no modo de transferência de arquivos e assisti o filme The Godfather I, em HD. Perfeitos também, som e imagem. Músicas também podem ser ouvidas, com ótima qualidade também. Não testei as fotos. É interessante ver como a tecnologia transforma as coisas: antes uma TV servia para ver TV, ou conectar um aparelho externo e ver filmes. Agora temos a possibilidade de assistir TV, ver os conteúdos que vem através dos equipamentos externos, mas também acessar conteúdo via USB, rede doméstica e até via Internet. Falamos em atualização de software, algo simplesmente inexistente nas TV’s de 5 anos atrás.

Pensei por algum tempo em comprar uma TV Full-HD da Samsung ou LG, como minha tia que comprou uma. Depois de ler um pouco sobre isso na Internet, e comprovar, posso dizer que minha TV não perde em nada para a dela no quesito resolução. A diferença que existe não é perceptível ao olho humano, e ninguém assiste TV com lupa. Então se você tem dúvidas entre comprar uma TV HD ou Full HD de 32 polegadas, compre a HD, que provavelmente será mais barata, e gaste a diferença com outra coisa.

Acho que o post ficou um pouco longo, mas eu queria falar um pouco sobre os diferenciais da Bravia KDL-32EX305. Esta TV realmente me surpreendeu muito positivamente, e olhem que eu já esperava muito de uma Bravia. A interface gráfica do software dela é bastante sóbrio e elegante, sem perder a beleza. É muito fácil acessar os recursos e configurações, a imagem tem uma qualidade surpreendente. Os recursos da Internet que podem ser acessados diretamente da TV são um diferencial e tanto. Posso estar completamente errado, mas acho que no futuro pode-se até ter uma atualização que permita que os recursos de interatividade de verdade na TV aberta digital possam ser utilizados através dessa conexão de rede. Se você está pensando em comprar uma TV LCD, pense com carinho nesse modelo. Realmente não desaponta em nada.

Como faz meu amigo Hungry Goat, vou fazer uma pequena avaliação:

Design: 10 (Há quem não goste do Black Piano, para mim é bonito).
Imagem: 10
Som: 9 (Depois das novas LG Scarlet vai ser difícil dar 10 em outras TV’s)
Facilidade de uso: 10 (a interface aqui realmente faz diferença)
Recursos: 10 (Os recursos da Internet são um diferencial e tanto)

Nota final: 9,8

Preço: $$$$ (Custa um pouquinho mais que a maioria das LG e Samsung com conversor integrado, mas vale MUITO a pena)

12 Comments

Download de Vídeos do Youtube Direto do Safari

Essa dica é muito boa para quem gosta de baixar os vídeos favoritos do Youtube, além de vários outros sites que distribuem vídeos pela Internet. Através do navegador Safari, da Apple, é possível fazer o download dos vídeos sem ter que entrar em nenhum outro site, ou ter que executar nenhum script para isso. A dica vale tanto para quem usa Mac OS X quanto Windows XP ou Vista.

O procedimento é tão simples que ele é composto por apenas 3 passos:

1. Acesse a página do vídeo;
2. Abra a janela de Atividade (Activity) do Safari. Aqui vem a diferença do Mac para o Windows: no mac, vá em Janela (Window) –> Atividade (Activity). No Windows essa opção não é exibida, mas a janela pode ser aberta pressionando as teclas Ctrl + Alt + A simultâneamente.
3. Na janela de Atividade, em quase 100% das vezes o vídeo será o maior arquivo. Dê 2 cliques sobre ele, e o download começará, à sua maneira em cada sistema operacional.

    video_normal
    Mais simples, impossível.

    Depois de feito o download, você pode ver o vídeo no seu player favorito, como o Quicktime, por exemplo. Pode ainda converter o vídeo para o formato que desejar. Utilizando este método, é possível fazer o download de todos os vídeos do site, os normais (em .flv), os em high-quality [HQ] (em .mp4) e os em high-definition [HD] (em .mp4).

    9 Comments

    Download de Vídeos do Youtube HD

    Você usa o navegador Safari? Existe um método para realizar download de vídeos direto do Safari. Saiba como aqui.

    Para quem adora os vídeos do Youtube e sempre quiz poder salvá-los no computador, o caminho mais simples se chama KeepVid. O site oferece ao usuário a possibilidade de fazer downloads de vídeos hospedados no Youtube, Dailymotion, Metacafe, iFilm, entre outros, sem a necessidade de instalar nenhum programa para isso.

    Porém o grande atrativo do site é a possibilidade de fazer downloads dos vídeos em alta qualidade (ou High Quality) do Youtube. Para fazer o download de um vídeo, basta colar o seu endereço na barra de endereço do site e clicar em “DOWNLOAD”. Logo depois é exibida uma página onde deve-se clicar no arquivo do filme. Caso esteja disponível, aparecerá a opção em alta qualidade. Simples mesmo.

    Muitos usuários do Youtube sequer sabem, mas existem vários vídeos que já estão em alta qualidade. Os vídeos nessa opção têm uma qualidade muito superior de áudio e imagem se comparados àqueles de qualidade normal. Vê-los em tela inteira agora é muito mais agradável do que ver montes de blocos borrados como acontecia anteriormente. Também na versão high quality não há o terrível problema de sincronia entre o áudio e o vídeo.

    Depois de feito o download do vídeo, pode-se convertê-lo para outros formatos, utilizando o Any Video Converter, que eu já recomendei aqui.

    9 Comments

    Pedacinhos de notícias

    website analysis tool
    Seguem algumas notícias das mais interessantes que apareceram no meu Google Reader:

    • Após um encontro do Primeiro Ministro da Inglaterra, Gordon Brown, com o presidente da Rússia, Sr. Medvedev; o país da Vocka (há controvérsias) foi promovido à 3ª posição entre as maiores ameças ao Reino Unido. Os russos só perdem para a Al-Qaeda e para o programa nuclear iraniano. O que será que tinha na vodka do Mr. Brown? [Fonte: Times Online]
    • Por falar em Irã, agora manter um blog pode ser fatal, literalmente! Pois quem tiver um blog que seja considerado um veículo de promoção da corrupção, prostituição ou apostasia (abandono do Islã) será condenado à pena capital. Tomara que os chineses não fiquem sabendo disso. [Fonte: Slashdot]
    • E falando em pena, um jovem de 19 anos, Max P. Sanders, pode ser condenado 5 anos de prisão e pagamento de uma multa de cerca de R$ 16.000,00 (US$ 10.000,00) por anunciar a venda do seu voto para Presidente no eBay. Detalhe interessante, é que o fato se passou nos Estados Unidos. Imagine se o TSE adota o mesmo sistema. [Fonte: também Slashdot]
    • Parece que não é só a Justiça brasileira que anda marcando em cima o Google. A Justiça americana ordenou que o Google entregasse os dados de usuários do YouTube, à favor da Viacom. A alegação é que o serviço do Google é conivente com os usuários que colocam conteúdo da empresa que é dona de nada menos que MTV e Comedy Central, entre outras emissoras. Parece que por lá eles ainda não entenderam que é melhor se unir ao YouTube, assim todos saem ganhando, como fez a Band. [Fonte: Folha Online]
    • O Maranhão e o Pará não ficaram apenas assistindo São Paulo ficar sem Internet. Hoje, por causa do rompimento de dois cabos de fibra óptica, os dois estados ficaram sem Internet E sem cobertura de celular pela Oi. O rompimento foi causado por uma retroescavadeira a 30km de São Luiz. A empresa afirma que os serviços já começaram a ser normalizados. De saldo dessa onda de falta de acesso à Internet, a organização Pro Teste vai pedir que o Congresso instale uma CPI da Banda Larga. Tomara que não acabe em pizza virtual. [Fonte: Folha Online]

    Dessa vez o Reader foi com a minha cara. Bom domingo a todos!

    Leave a Comment

    Dica: Any Video Converter

    Para converter vídeos para DVD, confira este post.

    Para problemas de sincronismo de áudio e vídeo, velocidade de vídeo e conversão incompleta, confira este post.

    O post anterior fala sobre como fazer o download de vídeos em qualidade razoável através do Veoh. Ao colocar um tópico sobre o Veoh no Meio Bit, algumas pessoas demonstraram um certo descontentamento com o programa. Mas o fato é que ainda não se tem conhecimento de programa que preencha a lacuna que o Stage6 deixou.

    Agora venho falar do Any Video Converter, um programa que converte vídeos entre vários formatos e com ótimo resultado final. Entre as opções de formatos de entrada, encontramos: DivX, AMV, XviD, MOV, rm, rmvb, MPEG, VOB, DVD, WMV, AVI p/ MPEG-I, MPEG-I, DVD NTSC , DVD PAL, FLV e AVI, entre outros. E entre as opções de exportação temos: DVD em MPEG(PAL e NTSC), vídeos MPEG I e MPEG II, FLV, MP4, AVI e WMV.

    Além de converter vídeos salvos no computador do usuário, o programa ainda faz download de vídeos do youtube no formato FLV, que podem ser convertidos para os formatos suportados. Além disso, o Any Video Converter ainda possibilita um ajuste mais detalhado do resultado da conversão, quanto a opções de áudio e vídeo, podendo ser modificados: o tamanho do vídeo, a bitrate, a quantidade de quadros por segundo, o codec de vídeo e cortes no início e no final do vídeo. Há também opção de personalização da bitrate do áudio, da quantidade de canais e desativação do áudio, entre outras.

    A versão 2.58, lançada em 12 de março de 2008 possui arquivo de download de 14,1MB e interface em português. Então, quem procura um conversor para poder ver seus vídeos no player portátil, o Any Video Converter é uma ótima opção, além de ser totalmente grátis. A única propaganda que o programa faz é oferecer ao usuário a opção de comprar a versão paga ao final da última conversão solicitada, mas caso se deseje continuar na versão grátis (que já é bem completa) basta clicar em “NãoObrigado” e continuar a usar o programa normalmente.

    Particularmente, uso o Any Video Converter desde que comprei meu Sony Ericsson k550i e nunca me arrependi, pois sempre que tive problemas de qualidade sempre foi por culpa do youtube. Por isso que eu usava o Stage6.

    EDIT: Para reproduzir os vídeos em alguns DVD Players, converta para AVI e grave o arquivo em um CD ou DVD. (Funciona apenas em aparelhos compatíveis com este formato.)

    EDIT 2: A versão 3.3.5 permite também gravar os vídeos diretamente em um CD ou DVD.

    364 Comments

    Para os órfãos do Stage6: Veoh

    Dia 28 de fevereiro de 2008 foi aquele em que o excelente site de vídeos on-line stage6 saiu do ar. Os desenvolvedores do projeto dizem que ultimamente, manter o site no ar passou a ser muito caro e o stage6 não era capaz de cobrir tais custos.

    Então, o próprio site (stage6) indica aos seus usuários que utilizem um outro serviço similar: o Veoh. Inclusive este outro site criou até uma página personalizada para os navegantes que foram redirecionados pelo stage6. Ao que parece, o Veoh possui menos vídeos, e também possui uma forma diferente de lidar com o usuário. O stage6 pedia apenas que o usuário fizesse o download do player de DiviX deles e assim poderia salvar os vídeos que assistisse.

    Já o Veoh possui um programa chamado Veoh TV, que permite que sejam feitas buscas no site, funciona como player e downloader dos vídeos. O único problema é que ele não é integrado completamente ao Internet Explorer, assim, depois de feito o streaming de um vídeo através do navegador, para fazer o download é necessário baixar todo o vídeo através do Veoh TV, ao contrário do stage6.

    Mas para quem busca uma alternativa aos vídeos de baixa qualidade de áudio e vídeo e fora de sincronia do Youtube, o Veoh passa a ser uma opção a ser pensada.

    Technorati Marcas: ,,,,,

    Leave a Comment

    Baixar vídeos do youtube

     Propecia pill whithout prescription alt=”” src=”http://victorfranco.files.wordpress.com/2008/02/vixynet.jpg” width=”349″/>

    Hoje conheci uma ferramenta para quem gosta de fazer download de vídeos do youtube: o site vixy.net, que possibilita o download do vídeo e a conversão on line para os formatos AVI, MOV, MP4, MP3(somente áudio) e 3GP. Para isso basta que o usuário cole a url do vídeo e clique em ‘start’.

    Há também a opção de fazer o download do programa para seu computador, que faz as mesmas tarefas, porém o software ainda está em versão beta(!), e possui uma propaganda de tamanho considerável. O desenvolvedor afirma que na versão estável haverá a opção de comprar uma product key para retirar o anúncio.

    Testando aqui em casa, a versão para pc me pareceu bem rápida e estável, ao contrário das últimas versões do similar vDownloader, que demora um ano para abrir a tela onde se escolhe onde se quer salvar o arquivo.

    Leave a Comment