Skip to content

Tag: ipod

Resenha: Fones de Ouvido Philips SHS8000/00

Posso dizer que escutar música é um dos poucos prazeres que posso usufruir diariamente. E quando escuto música, quero que ela seja reproduzida da melhor forma possível. Nem sempre as condições ambientes são as ideais, mas ainda assim exijo bastante na qualidade sonora (tecnicamente falando).

Com a compra do iPod Nano – que vou escrever depois –  se fez necessário o investimento em fones de ouvido. Primeiro porque o Sony Ericsson que eu utilizava anteriormente possui um padrão próprio para o conector dos fones. Segundo, porque os fones de ouvido que vêm de fábrica no iPod são daquele modelo super básico, que fica pendurado na orelha, apesar da boa qualidade sonora.

Dada a pressa que eu estava para comprar logo meus fones, e a necessidade que eles fossem intra-auriculares, acabei optando pelo modelo SHS8000/00. O código do modelo não é lá dos mais agradáveis para se referir, mas basta bater o olho neles para reconhece-los. Eles são assim:

SHS8000_00-GAL-global

Agora vamos aos fatos. Começando pelo que se pode ver, eles são intra-auriculares, e possuem 3 tamanhos de protetores de borracha, que se encaixam no conduto auditivo. Isso traz duas vantagens: a primeira é o isolamento de ruído que eles geram, e com isso o volume a ser despejado ao seus tímpanos pode ser menor do que se ele tivesse que concorrer com a totalidade do som ambiente.

Externamente também é possível ver as presilhas, que fixam os fones na parte de trás da orelha. Confesso que esse detalhe foi o que me fez pensar três vezes antes de comprar o produto. Nã0 gosto de nada que faça sentir preso, e essas presilhas realmente pareciam que iriam me incomodar. Mas resolvi dar uma chance aos fones. Ao usá-los, fiquei realmente espantado ao notar que elas não incomodam em nada, e na maior parte do tempo eu sequer me lembro que elas estão lá. E pensando depois, elas são ótimas para mim que gosto de correr, pois elas não deixam que os fones caiam a cada 400m. Ponto positivo.

Qualidade Sonora

Apesar de não ter conhecimento técnico na área, sei reconhecer quando um som é de boa qualidade, em aspectos físicos. Já tive fones que simplesmente roubavam metade dos graves, outros enchiam os agudos de ruídos e outros que “mascaravam” os médios para criar uma falsa sensação de graves mais potentes. Esses Philips definitivamente não fazem isso. A grande faixa de resposta de frequência, que vai de 6 a 23.500Hz, garante um som realmente fiel. Tão fiel, que às vezes é possível perceber alguns ruídos existentes em determinadas músicas convertidas de forma mais pobre em qualidade.

Graças ao isolamento acústico, e ao formato in-ear, a qualidade sonora também se mantém um pouco mais preservada. Mas não espere milagres. Sem música, é possível escutar conversas próximas, mas com certa dificuldades. Para se ter uma idéia, é possível escutar música de forma razoável em um ônibus velho subindo uma ladeira, apesar de ainda ouvir um pouco do ruído do motor. A proposta dos fones não é de isolamento total de ruído, até porque os fones que chegam perto disso não são nada confortáveis.

Então é isso que tenho a dizer. Se você procura fones de ouvido de boa qualidade sonora, com certo isolamento acústico, e que permitam realizar atividades como correr sem que eles fiquem caindo o tempo todo, os Philips SHS8000/00 são uma ótima opção para quem não quer paga R$150 por fones profissionais, custando um terço disso (cerca de R$50). Além disso, eles funcionam perfeitamente bem com todos os modelos de iPod e iPhone, além da maioria de MP-X disponíveis no mercado.

Site do Produto: Philips SHS8000/00

Leave a Comment

iPhone no Brasil, em Guiné-Bissau também ;-)

iphone 

Caríssimos, a blogosfera está em êxtase por conta do lançamento do iPhone 3G. O Meio Bit fez a cobertura do evento e tudo mais. Tudo muito lindo, tudo maravilhoso, iPhone no Brasil, Claro sorrindo de orelha-a-orelha, mas alguns problemas já foram apontados lá mesmo, no Meio Bit:

  • Os aplicativos não podem rodar em background, nem sequer os de mensagens instantâneas;
  • Quem é dono de iPod Touch paga US$ 9,90 para atualizar seus brinquedinhos, os donos de iPhone levam na faixa.
  • Não há rádio FM, apesar que pra mim isso não faz falta;
  • A câmera é uma piada de muito mal gosto. Qualquer Sony Ericsson melhorzinho tem uma câmera muito melhor, até meu Sony Ericsson K550i lançado há um ano ou mais;
  • Falta de câmera frontal para vídeo-chamada. Apesar de muita gente achar um recurso simplesmente inútil.

E para melhorar tudo, a cambada tupiniquim está super feliz porque disseram que ele virá custando US$ 199 na versão 8GB.

Cara, iPhone no Brasil só agora não é motivo nenhum de felicidade. Colocaram a gente no mesmo balaio de Guiné-Bissau, um dos 20 países mais pobres do mundo. Se não viesse para cá, pode apostar que o nosso Presidente era o Chavez.

victor_end

Blog Blogs Marcas: , , , , , , , , ,
Leave a Comment

Os jovens estão ficando surdos?

Uma pesquisa realizada com jovens na Holanda constatou que devido ao uso de fones de ouvido em volumes altos e música em volumes também nocivo têm provocado uma perda de capacidade auditiva de quem usa esses equipamentos. E não é muito difiícil de comprovar esses resultados em qualquer sala de aula de qualquer escola ou Universidade de grandes cidades.

O tipo de dano à audição causada por exposição excessiva a altos níveis de ruído se chama Perda de Audição Sensorineural. Segundo tópico na Wikipedia, uma exposição de 2 horas a um nível de ruído de 91db já pode ser danosa. Na verdade, um longo tempo de exposição a ruídos de 70db já é prejudicial. Imagine para a maioria das pessoas que gerlamente usam seus ipod’s a 110db…

Segundo os pesquisadores, a única forma de prevenção a perda de audição por esses motivos seria que os fabricantes limitassem a quantidade de decibéis que seus produtos geram, e não contar com o bom senso dos usuários. Mas com certeza, quem ouve música em dispositivos móveis provavelmente não vai aprovar a idéia de ouvir suas músicas em níveis de música ambiente.

Mea culpa: Eu também sou um dos usuários frequentes de fones de ouvido e admito que minha capacidade auditiva já não é mais a mesma. Mas sempre tento usar o mais baixo possível, e uso fones com isolamento acústico, para ouvir músicas num volume mais ameno.

Fontes: Engadget e Wikipedia

Leave a Comment

ipod não pode!

ipod-family

O vocalista da banda Charlie Brown Jr., Alexandre Abrão, mais conhecido como Chorão foi obrigado a desembarcar de um vôo da Gol sábado, dia 8, pois portava um ipod, que segundo a empresa aérea não foi desligado como solicitado pela comissária de bordo.

Chorão argumenta que desligou o aparelho como solicitado e que apenas deixou os fones nos ouvidos para amenizar o som da aeronave e poder dormir. A notícia completa está aqui.

Não é de hoje que as pessoas que tratam com o público vêm fazendo confusão com equipamentos eletrônicos. Num post do Meio Bit, é relatada uma lambança de agentes de segurança num aeroporto nos Estados Unidos por conta de um notebook sem HD e sem drive de leitura optica. O noke em questão era o MacBook Air, com drive SSD no lugar do HD convencional. A versão tupiniquim veio mais baratinha, em forma de ipod. Seja de um jeito ou de outro, as empresas que contratam pessoas para lidar com o grande público, como empresas de segurança, aéreas e muitas outras deveriam dar algum tipo de treinamento aos seus funcionários para evitar que essas cenas se repitam.

Aparelhos eletrônicos não são o diabo de plástico como muita gente pensa. Um simples ipod não vai interferir nas comunicações do avião. Nem tão pouco os celulares no modo de vôo. Afinal, o modo de vôo foi feito para ser usado no avião. Mas tente usar um celular nesse modo no avião. Para as comissárias é pior que portar uma granada! Se for assim, que todos guardem os relógios e os alarmes de carro (esses sim emitem ondas) na mala. E sem bateria.

SUGESTÃO: Que tal se alguém entrasse no avião com fones de ouvido nas orelhas e com o plug solto, mas escondido? Qual seria a reação da aeromoça ao ver que não tem nada ligado àqueles fones? Pena que não viajo de avião tão cedo…

1 Comment