Skip to content

Tag: George Bush

Obama Eleito: O Mundo Quer Mudanças

As eleições para o próximo presidente dos Estados Unidos sempre chamam a atenção do mundo inteiro. Afinal trata-se da escolha do novo comandante do maior exército do Ocidente, da maior economia do mundo até o momento e da maior potência do mundo desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Mas essas eleições chamaram muito mais atenção que suas predecessoras. O mundo vem acompanhando-a desde a escolha dos candidatos nas prévias de seus partidos, antes da bolha imobiliária estourar. E talvez a personalidade que causou toda essa atenção à vida política americana se chama Barack Obama, que levou milhões de pessoas a esperar até 6 horas para votar, em um país em que o voto não é obrigatório. Ele fez jovens se mobilizarem, pessoas que tinham votado pela última vez há 40 anos, tudo pela vontade de mudar os rumos das políticas desastradas de George W. Bush, que vem fazendo o pior governo da história.

Obama não foi eleito simplesmente o 44º Presidente dos EUA. Nem se resume a ser o primeiro negro a ser escolhido Presidente, apesar disso também ser um fato histórico. Ele representa a vontade de mudança do povo daquele país, que teme que a crise financeira, a pior desde 1929, avance ainda mais sobre seu patrimônio; representa a esperança de famílias que perdem seus filhos, maridos e pais em uma guerra do outro lado do mundo, que não lhes trará nada, além de mais ódio dos países fundamentalistas. Obama também representa a esperança de que algum dia o racismo seja expurgado da cultura americana. Esse último desejo porém passa a ser quase um sonho, o mesmo que um dia Martin Luther King Jr disse ter. Esse sonho que temos aqui no Brasil, e que várias pessoas tentam mostrar que já se concretizou, apesar de vivermos em um país em que o racismo é empurrado para debaixo do tapete com políticas de cotas.

Vamos torcer para que Obama seja sensato durante seu governo, pois o mundo inteiro espera isso dele. E vamos passar a prestar atenção no nosso país, pois é aqui que vivemos, e a grama do vizinho não é muito mais verde que a nossa como dizem por aí. Temos que lembrar que o Brasil também estava imerso em um processo eleitoral há poucos dias, e que os eleitos devem ser fiscalizados e cobrados por seu maior patrão: o povo.

Foto: transplanted mountaineer

1 Comment