Skip to content

Tag: CSS

Plurk: Eu também mudei

Com certeza absoluta o maior serviço de microblogging contina sendo o Twitter, mesmo com suas características “baleiadas“, quando o site sai do ar. Alguns especulam que seja por falta de infa-estrutura no servidor e no banco de dados. Mas é fato que ele segue firme e forte. Alguns outros concorrentes vêm aparecendo, como o Pownce, Jaiku e Plurk.

E Por que cargas d’água eu escolhi o Plurk? Simples: depois de cansar de ver aquela baleia do Twitter todos os dias, fiz um cadastro no Jaiku, mas até hoje nada da minha conta ser liberada. Então, após sofrer uma fuzilação de baleiadas num belo dia resolvi me cadastrar no Plurk. E nunca mais eu postei no Tweeter. Na mesma hora eu pude começar a postar os microposts e a adicionar meus futuros amigos.

No Plurk, as informações podem ser acessadas de forma muito mais simples. Por causa do formato em linha de tempo, e por causa da formatação dos Plurks, pode-se visualizar uma quantidade muito maior de posts. Além disso, para responder a um Plurk, basta clicar sobre ele e digitar a resposta. Não tem que ficar fazendo @faluno e rezar para que ele veja. Assim a rede torna-se muito mais dinâmica. Além disso, não é preciso mudar de páginas para visualizar os Plurks mais antigos, pois eles são carregados automáticamente à medida que se avança na linha de tempo.

timeline 
Timeline do Plurk

Como no Twitter, é possível enviar Plurks privados, além de enviar Plurks e fechar seus comentários, caso não se queira resposta. Mas o que mais facilita a adoção do Plurk é a possibilidade de usar o serviço em 21 idiomas, entre eles, o Catalão, Polonês, Holandês, Italiano, Inglês e o nosso Português do Brasil.

Outra coisa curiosa sobre o Purk é o Karma, que cada usuário adquire ao usar o serviço. Criar novos Plurks, reponder Plurks, ter pedidos de amizade ou simplesmente fazer login são coisas que aumentam o Karma do usuário, enquanto deixar de acessar o serviço, ter pedidos de amizade rejeitados diminuem o Karma. Quanto mais Karma, mais o usuáio pode personalizar o serviço, com nomes de exibição, emoticons, e mais recentemente, edição de CSS.

Por essa e por outras eu migrei do Twitter para o Plurk, e não me arrependo.

Leave a Comment