Skip to content

Repetição de Conteúdo na Internet

A Internet é sem dúvida o paraíso virtual da informação. Pela rede, diáriamente circulam milhões de notícias vindas de todas as partes do mundo, e lidas por todas as partes do mundo, também. Como eu disse no post anterior, o tempo que uma notícia leva para ser publicada é justamente o tempo que leva para ser digitada. Não tem mais essa história de aguardar a próxima edição para ela aparecer. E com toda essa facilidade, um fenômeno vem ocorrendo sistematicamente: a repetição de grande parte das notícias.

Se um pinguim aparecer em uma praia no Piauí, todos os meios de comunicação irão dar espaço à notícia. Até aí tudo bem, é o trabalho deles. Mas na Internet, provavelmente os maiores portais e jornais irão exibir exatamente a mesma notícia, com o mesmo título e o mesmo texto (eu também já falei sobre isso). Enquanto os blogs irão reproduzir também a notícia, porém os mais sérios irão publicá-la à sua maneira particular, com enfoques diferentes.

É nisso que difere basicamente a reprodução das notícias nos sites corporativos e nos blogs: nos primeiros, a matéria é simplesmente duplicada, de forma automatizada. Tem-se várias cópias idênticas da mesma coisa. Os blogs por sua vez (tirando aqueles que roubam texto) fazem a cobertura do fato, mas deixam uma opinião, adicionam outras informações, dão outros enfoques ou até brincam com as notícias. E permitem que os leitores também participem da brincadeira e enriqueçam a discussão sobre o tema. Por isso eu prefiro os blogs.

Be First to Comment

Deixe uma resposta