Skip to content

Victor Franco Posts

Vestibular

school_test

Amanhã não irei postar por motivo de força maior. Amanhã acontece a primeira prova do 1º Vestibular da Universidade de Brasília, e eu participarei do certame. Tentarei pela Generic viagra whithout prescriptiononline buy viagra vez (dessa vez eu estudei) passar para o curso de Ciência da Computação. Portanto amanhã é dia de concentração total, até porque domingo é a segunda prova.

Acho que já me acostumei a fazer vestibulares, penso que esse deve ser o 5º. Passei no 3º para matemática e bati na trave no 4º. Dessa vez eu mudo de curso!

Não que eu tenha algo contra matemática, eu aprendi a admirar enormemente essa ciência ao longo dos 5 semestres de Cálculos 1, 2 e 3; Teoria dos Números, Álgebra 1, Equações Diferenciais, Cálculo Numérico e tudo que já estudei. Lá fiz grandes amigos que espero nunca perder. Mas a vida é assim… Foi o erro mais feliz da minha vida ter marcado a bolinha errada na hora de escolher matemática.

Sorte a minha que os dois departamentos são vizinhos! Assim eu não vou sair da matemática ‘at all’.

Muito obrigado mesmo a todos aqueles que torceram por mim.

victor_b_thumbnail Victor Hugo Franco

Leave a Comment

Somos impacientes?

sand_clock

Hoje lí no site slashdot uma matéria que fala que os jovens estão mais impacientes que as pessoas de 30 anos atrás. A pesquisa foi feita pelo University College London e indica que os jovens de hoje em dia são mais dispostos à pesquisa, porém são menos tolerantes com alguma demora na obtenção de resultados. A matéria cita o exemplo de um professor de uma turma introdutória de Ciência da Computação que fala que seus alunos de vinte-e-poucos anos tem mais facilidade para lidar com computadores, mas nem por isso são mais adeptos.

Segundo a pesquisa também, os mais novos mostram Generic cilais whithout prescription impaciência em pesquisar e navegar na internet, por expemplo. Como análise, pergunto quantas vezes você navegou na internet essa semana para ler informações diversas? Mas com certeza entrou no Google para pesquisar algo que já tinha em mente, e depois de pesquisar aquele assunto não procurou saber sobre nenhum outro. E quando vamos abrir uma página e ela demora uns 10 segundos? Garanto que muitos ficam impacientes e reclamando. Fonte: buy viagra online href=”http://ask.slashdot.org/article.pl?sid=08/01/18/0420247&from=rss”>http://ask.slashdot.org/article.pl?sid=08/01/18/0420247&from=rss

O mundo passa por uma fase em que todos querem informações, mas ninguém quer procurar, se possível for, que haja um lugar mágico onde todas as respostas que precisamos estjam à ponta dos nossos dedos. Completamente diferente do tempo do professor da matéria citada, onde o aluno para saber sobre algo precisava perguntar ao professor, ir à uma biblioteca e debater com os colegas.

Resta saber qual era a melhor forma de aprendizado: a antiga, da investigação e do debate; ou a de hoje, com Wikipedia e Google nos dando tudo de mãos beijadas.

victor_b

Leave a Comment

NoPoPo?

image

Você compraria buy viagra on line pilhas NoPoPo(^)?  A invenção já é meio antiga Generic levitra whithout prescription para os padrões da modernidade, mas vale a pena ser lembrada. São as pilhas NoPoPo, que são recarregadas com água. ÁGUA? isso mesmo, HOH, entre outros líquidos como suco, refrigerante e até urina. Isso mesmo, se você estiver perdido no mato e as pilhas da sua lanterna acabarem você pode recarregá-las naturalmente, se você tiver pilhas NoPoPo (acho que ficou estranho né?)

Trocadilhos à parte as plihas existem sim, estão à venda somente no Japão e são fabricadas pela empresa Aqua Power System.

victor_b_thumbnail

4 Comments

Falou palavrão, MULTA!

800px-Tennis_Racket_and_Balls

Isso mesmo, mas foi no tênis. Vários tenistas que participaram do Aberto da Austrália esse ano receberam multas por proferir palavras de baixo calão durante os jogos ou o aquecimento, e teve também quem foi multado por fazer gestos violentos com o instrumento de trabalho, a raquete.

Imagine se a moda pega e resolvem fazer isso nos estádios brasileiros de futebol. Em menos de um mês os jogadores e treinadores estariam pobres! O Joel Santana ia ser o primeiro a falir, quase certeza.

victor_b

3 Comments

Você se protege no pc?

pc_viruses

Saiu no site ExtremeTech hoje uma matéria sobre como se proteger de vírus no Windows Vista sem o uso de anti-vírus. Ele exalta a presença do User Account Control, ou Controle de Contas de Usuário. Primeiro ele cancelou a execução de um arquivo chamado ??????.exe, deois outro chamado bank.exe.

Mas o mais importante foi a parte onde se chama a atenção dos usuários do Windows Vista que simplesmente ignoram a tela do UAC. Seja por preguiça ou por achar que não serve de nada. Ora, se não servisse para nada, pra que a desenvolvedora do software teria mantido uma equipe de desenvolvimento para esse recurso?

Todo usuário de qualquer produto de tecnologia deve sim atentar para a segurança no ambiente virtual em que se encontra. E isso é falar em educação também. De que adianta um firewall super avançado se dou outro lado da tela está um usuário que simplesmente clica em “Yes” toda vez que o programa pergunta se pode liberar o acesso a rede para um aplicativo? De NADA! É a mesma coisa de não ter firewall. Depois quando o computador do usuário é invadido, aí a culpa é do sistema operacional inseguro ou do filho que joga paciência.

E isso inclui também aqueles que clicam nos links “Veja nossas fotos…” do orkut, aquele que abre o e-mail “Free XXX…” no hotmail e libera a exibição do conteúdo e também aquele que libera todos os Controles ActiveX no browser. A proteção começa com educação de disciplina. Depois do estrago feito, só basta formatar a máquina e rezar para que suas senhas não tenham sido roubadas.

Para ler a matéria completa, em inglês: http://www.extremetech.com/article2/0,1697,2159348,00.asp

victor_b

Leave a Comment

Avião de papel vindo do espaço (!)

origins2004-mids-plane-2

Quando penso que já ouvi de tudo o que é mais insano nessa vida, sempre aparece algo para queimar minha mente. Dessa vez a pancada foi forte: segundo o site engadget, “pesuisadores” espream lançar aviões de papel do espaco!

Isso mesmo. A meta deles é lançar aviões de papel da Estação Espacial Internacional e o destino será, adivinhem: a Terra! E eles já tem um protótipo de 8cm que foi testado em um túnel de vento na Universidade de Tókio, onde o artefato suportou ventos de 5.300 milhas por hora (8.400 km/h)! E os cientistas afirmam que o avião terá uma proteção para suportar altas temperaturas. Fonte:http://www.engadget.com/2008/01/16/researchers-hope-to-launch-paper-airplanes-from-space/

O mais curioso de tudo isso é ver uma Universidade se unir à Associação Japonesa de Aviões de Origami para desenvolver um projeto que vai dar em… nada!

Daqui a pouco eles se juntam ao Negroponte e lançam o OLPC de papel. Talvez assim eles consigam fazer o laptop de US$ 100,00.

victor_b_thumbnail

2 Comments

Não ao riscado!

exclamacao

Depois de responder ao tópico “Não, beta não, por favor!” no fórum do site Meio Bit, falei sobre a responsabilidade que o google se omite de adiquirir ao lançar produtos cuja fase beta nunca acaba.

Depois andei pensando sobre o assunto das responsabilidades, e ví que estou entrando numa fase de reconhecimento das minhas. Nada mais de Evzen Fetisov daqui para a frente. Agora é Victor Franco. Até criei um outro e-mail, com meu nome de verdade, sem o ‘cc’ no Franco. Mudei meu blog também para um com o meu nome, ao invés do nick Evzen.

Além desse reconhecimento do vínculo da pessoa real com a virtual, também resolvi que não usaria mais o riscado riscado, ou tachado, nos meus posts. Acredito que tudo que se escreva ou fale tem seu peso e aquele que usou a palavra tem que dela ser pai. Assim, se quiser chamar alguém de burro, escreverei burro, ao invés de burro mal informado, por exemplo. E também saberei defender a opinião que manifestei, seja ela com quem for.

Acredito que isso é muito importante, para uma maior transparência nas relações interpessoais, caso contrário, o riscado seria para os meus post’s o mesmo que o nome beta é para o Google, apenas uma fuga da responsabilidade.

victor_b

Leave a Comment

Alguém tem um emprego aí?

Job 

Ano novo, vida nova. Você já ouviu falar sobre isso não é? Pois é, vida nova pode incluir emprego novo. Se alguém souber de algum que não seja pra dar aula ou entrar em sala de aula, favor me avisar. Ficarei muito grato. Qualquer coisa, meu currículo está aqui.

assinatura digital

Leave a Comment

globalização fora do Inglês

Essa internet é uma caixinha de surpresas mesmo. Quando já me preparava para sair do pc por hoje, resolvi dar uma olhadinha num outro blog que tenho (e não mais atualizo), o evzen.vox.com, e sem querer, esqueci de digitar o ‘z’. quando abri a aba do navegador, ví uma tela com tema vermelho, um elefante e as palavras: “Hjemme igjen”. Logo pensei que meu blog havia sido usurpado por alguém da Rússia, ou da Finlândia ou de algum país do leste europeu que se libertou do regime.

Mas ao que parece, o site é de alguém que está em Uganda, na África, mas não sei se é algum europeu ou um africano mesmo. Juro que além de Uganda, tudo que entendi foi uma meia dúzia de palavras em inglês, Congo e ebola. As fotos são até legais, mas as palavras… Acho que nem que eu vivesse 1.000 anos eu conseguiria entender aquilo. Se alguém souber que raios de língua é aquela, por favor me avise.

Agora, como pode um serviço de blog não tão grande e comercial como o Vox ter um blog de alguém com url even.vox.com e eu ter esquecido logo o ‘z’? Haja coração coincidência amigo!

assinatura digital

1 Comment

e por falar em sapos

Aproveitando a deixa do post anterior sobre os sapos, ví no site G1 a notícia de um chinês, Sr. Jiang Musheng, de 66 anos à época da notícia, que engole sapos vivos para curar suas terríveis dores de estômago. Este retar desesperado homem, nunca ouviu falar em médicos ou remédios? Foi seguir logo o conselho de um velho, há 40 anos atrás. Quem garante que aquele velho não já estava gagá trocando as bolas? Mas o fato é que a 40 anos ele engole sapos literalmente, e passou também a comer outros animais cujo o comentário é despresível. Segundo ele além de curar suas dores de estômago, engolir sapos o faz se sentir mais forte (será que ele também nunca ouviu falar em um comprimidozinho azul?).

Para ler  a notícia na íntegra e ver a foto do Sr. Muscheng (que eu resolvi não colocar para não deixar o estômago de ninguém embrulhando), basta seguir o link: http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/0,,MUL48076-6091,00.html

assinatura digital

Leave a Comment