Skip to content

Victor Franco Posts

Imprensa cinza, sem criatividade e atrasada

Este é um daqueles posts em que eu falo o que penso sem nenhuma papa na língua, a começar pelo título. Então, se você defende a imprensa tradicional de maneira incondicional, acho melhor nem prosseguir à leitura.

Há quem torça o nariz ao ler um blog, pois o autor geralmente não segue carreira jornalística. Muitas vezes quem escreve é um universitário de uma área que sequer passa perto do jornalismo. Mas um blog não foi imaginado a princípio para ser uma fonte oficial de notícias ou para concorrer com a mídia tradicional.

Mas hoje em dia a mídia tradicional se vê obrigada a dividir o leitor com um blog na guia ao lado do navegador. E a culpa é toda da falta de visão e integração dos dinossauros que muitas vezes comandam os meios tradicionais. Na blogosfera, a maior propaganda de um blog é os links que levam a ele e os links que ele apresenta para outros blogs. Você lê um blog, e provavelmente vai gostar de alguns outros blogs que o autor recomenda.

Já os jornais que circulam há décadas nas bancas tentam se reinventar ao disponibilizar seu conteúdo na internet. Mas nem isso sabem fazer direito. O Correio Braziliense ,de Brasília-DF, por exemplo ainda restringe grande parte de suas notícias aos assinantes. Justamente nos dias em que vários outros jornais colocam seus conteúdos na íntegra, ainda que de forma ainda bem desastrada, apesar de tratar blogueiros como inimigos número 1. Não adianta gastar rios de dinheiro deixando o site mais bonitinho e querer se trancar para o grande público. Quem perde é o próprio jornal, que deixa de faturar com anúnios no site.

Porém hoje eu me deparei com a mais pura de pau jornalística. Ao acessar os feeds RSS que assino, reparei que os sites G1 da toda-poderosa Globo e a Folha Online apresentavam duas notícias com o mesmo título. O título das matérias era “Usuários da internet estão mais egoístas, diz especialista” e meu espanto foi ainda maior ao ver que o texto das matérias também era idêntico. Entre o título e o texto há apenas “Da BBC” e “Da BBC Brasil”, sem nenhum link para a matéria original. Então fui ao site da BBC Brasil para ver se achava o texto que inspirou dois jornalistas a escrever exatamente o mesmo texto. Lá também havia o mesmo texto com o mesmo título.

Na blogosfera são comuns as reclamações de posts que muitas vezes são copiados descaradamente, ou cópias de títulos ou de imagens pessoais sem a autorização ou os créditos ao autor da obra original. Eu mesmo já tive um post copiado e atribuíram a ele um autor chamado Iadhosa, mas pelo menos colocaram o link para o meu post original. Agora, duas cópias descaradas, no maior estilo Ctrl+C -> Ctrl+V por parte da grande mídia formal mostra a falta de ética que se abateu neste meio. Por um lado enchem as páginas de avisos sobre copyright, direitos autorais e tudo mais para impedir que quem não é da grande mídia possa escrever e disputar audiência. Por outro temos uma situação complicada de se definir: ou eu vi dois casos de violação de direitos autorais ou a BBC autorizou que dois sites de renome no meio jornalístico copiasse seu conteúdo de maneira grosseira, sem sequer emitir qualquer opinião sobre o assunto abordado.

E é sobre essa dupla personalidade que eu fiz o comentário dizendo que a imprensa dos escritórios não sabe disponibilizar seu conteúdo. Qual o problema em permitir que suas notícias sejam retransmitidas e comentadas pela internet? Medo de perder seus leitores? Para isso bastaria um parágrafo na sua seção de direitos autorais que proibisse a cópia total do conteúdo e obrigasse a colocação de um link para a notícia original. Assim parte do conteúdo poderia ser utilizado e caso agradasse o leitor, este seguiria o link e aumentaria as visitas ao site que o produziu.

Não sou contra os direitos autorais, mais sim contra quem os usa para vetar o acesso ao conhecimento e à sua transmissão. Já se foi o tempo em que cultura era privilégio dos monges copistas. Ainda mais em tempos de internet, onde há uma enxurrada diária de informações circulando nas telas dos leitores. E por isso cada vez mais eu leio blogs, pois eles me passam informação, opininão, admitem os erros e ainda colocam links para a notícia original.

Eu até que pensei em fazer um post sobre o egoísmo dos internautas, mas perdi a vontade. Afinal, o tema já foi muito explorado. Também não vou colocar link para a notícia, já que nem quem a copiou descaradamente colocou.

Ah! E por favor pessoal do jornalismo, vamos CRIAR notícias ou pelo menos expressar opinião, ao invés de mandar ver na cópia colegial do texto.

Me perdoem pelo tamanho do post mas não consegui ser mais resumido.

BlogBlogs Marcas: , , , ,

Leave a Comment

Embaçado…

Olá, estimadas e estimados leitores deste blog, estou suido por uns dias por causa de uma aplicação de laser na retina que tive que fazer quarta-feira. Agora as coisas já estão melhores, mas ainda continuo vendo as coisas meio embaçadas. Aqui está como estou vendo as coisas por enquanto:

 

Terça-feira  será feita outra aplicação de laser. Então as coisas tendem a ficar um pouco menos definidas. Ainda bem que esse emabaçamento só dura 20 dias. Enquanto isso me perdoem se eu trocar algumas letras.

EDIT [29/05]: Ontem foi dia da segunda e última aplicação de laser. As coisas estão um pouco mais embaçadas, mas a recuperação está bem melhor que da primeira vez.

 victor_end

Leave a Comment

What?

Quando eu falo que tem post que cai no colo tem gente que não acredita. Depois do trciclo quebrado que brotou na minha frente apenas 2 dias depois da entrega, agora tenho um pote plástico cujas especificações variam de acordo com o idioma do usuário.

Vamos à história: no final da semana passada, minha mãe ganhou algumas vasilhas plásticas da minha tia. Ela então lavou as vasilhas para guardar, e antes retirou uns papéis que haviam dentro de cada uma. São pequenas instruções de uso. Tudo normal até aqui. Mas as coisas começam a ficar um pouco estranhas ao ler a faixa de temperatura que o produto resiste.

Em Português, está sendo informado que o produto suporta entre -10ºC e 110ºC. Já em Espanhol, a temperatura suportada varia entre -10ºC e 70ºC! Como assim? Não agüenta nem água fervendo? Ou a água de quem fala espanhol ferve a menos de 70ºC? Mas o mais absurdo vem agora:

 

Lembrando um pouquinho do 2º ano do Ensino Médio, 14F corresponde a -10ºC e 2.366F corresponde a 1.296ºC! Isso mesmo, dá pra derreter ouro (1.064,18°C) dentro do plástico se você falar inglês, de acordo com as instruções do fabricante.

Mais uma jóia encontrada no mesmo papel:

1) This product can be used in the freezer;
3) This product can not be used in the freezer;
Em bom português: 1) Este produto pode ser usado no freezer; 3) Este produto não pode ser usado no freezer.

Assim não dá! O mequetrefe que fez essas instruções quis dizer que pode ou não pode levar a vasilha ao freezer? E qual é a faixa de temperatura de uso correta? -10ºC a 110ºC, -10ºC a 70ºC ou -10ºC a 1.296ºC? Acredito que seja a primeira, mas por favor Plasvale, vamos prestar atenção ao que vocês escrevem nos papéizinhos que vem dentro dos seus produtos. Afinal, pior que falta de informação é informação errada e desencontrada. E tudo isso ainda mostra que as traduções das informações foram feitas por uma pessoa que provavelmente não entende nada dessas duas línguas (inglês e espanhol), pois as informações fornecidas são muito diferentes nos 3 idiomas das instruções.

Referência: Wikipedia [Ouro]

BlogBlogs Marcas: , , , ,

2 Comments

Já tem carro da Coleta Seletiva Solidária quebrado(!)

Os catadores e carroceiros de Brasília receberam no dia 12 de Maio 13 triciclos com capacidade de carregar 1.200kg de material. Tudo muito bom, notícia no jornal, mas vejam só o que apareceu na minha frente dia 14 de Maio, DOIS dias depois da entrega dos veículos:

O triciclo estava quebrado na via de acesso à L3 Norte, na altura da 608. O homem que está dentro estava tentando fazer o azulzinho funcionar a todo custo, e um outro homem chegou de bicicleta para ajudar. Ainda bem que "Antes de receberem os veículos, os catadores foram capacitados sobre como utilizá-los e como fazer a manutenção do equipamento."

Esse post me caiu no colo…

Notícia da entrega dos triciclos: Correio Braziliense

victor_end

Leave a Comment

Dados recuperados de HD derretido da nave Columbia

 
Foto: AP/NASA

Se você acha que aplicando golpes de mareta ou usando um maçarico estará eliminando qualquer chance de ter os dados do seu HD recuperados, acho melhor pensar mais um pouco.

Engenheiros da Kroll Ontrack Inc conseguiram recuperar dados de um HD que estava no ônibus espacial Columbia, que se desintegrou na reentrada na atmosfera terrestre em 2003, por problemas em uma placa de isolamento térmico. O tal disco rígido estava derretido quando foi recolhido no Texas. O responsável pela façanha foi o especialista Jon Edwards, que já havia recuperado dados de HD’s vítimas de enchentes e incêndios.

Com isso, a mordidinha de leve que o o esmagador de HD’s que o Carlos Cardoso apresentou no Meio bit não adianta nada se o HD em questão for parar nas mãos do Edwards. Afinal, o que é um HD esmagado perto de um que esteve na desintegração da Columbia?

Fonte: G1

victor_end

Technorati Marcas: ,,,,

Leave a Comment

Vai uma cervejinha Open Source?

COLLABORATOR

Sim ela existe! E se chama COLLABORATOR. A receita e os passos de preparo (em Inglês) podem ser obtidos no site do fabricante. A receita final foi obtida após várias sugestões e diálogos entre os colaboradores.  No site há também links para fornecedores de matéria-prima para a fabricação da Cerva de Todos.

Depois do chocolate vendido pela internet e que contava com o feedback dos consumidores para aprimorar a receita, vemos um projeto ainda mais ousado se concretizar, pois dessa vez os usuários e colaboradores foram quem desenvolveu a receita e a fabricação da cerveja.

Resta saber se o Stallman vai aprovar o produto, ou se vai querer saber se os desenvolvedores da bebida usavam apenas software livre para se comunicar e produzir a cerveja.

Endereço da receita: http://www.opensourcebeerproject.com/2007/07/15/open-source-beer-recipe-finalized/#comments

victor_end

Technorati Marcas: ,,,

Leave a Comment

E a China vai se superando…

Agora a China resolveu censurar a publicação de mapas na internet com imagens do seu território. Segundo o governo chinês, esses mapas podem causar incidentes políticos, ameaçar a segurança do país ou revelar informações secretas. Assim, se o Google ou qualquer outro serviço de interntet quiser publicar imagens do território chinês, deverá ter uma autorização especial para isso.

Muito bonito para um país que já bloqueia o acesso a diversos textos, imagens, vídeos e blogs. Agora são os mapas. Alguém ainda acha que a cobertura das Olimpíadas vai ser tranquila e democrática? Pelo visto celulares que gravam vídeo ou tiram fotos, ou sequer gravam áudio estarão proibidos para quem não tiver um crachá escrito "PRESS".

Fonte: Slashdot

victor_end

Leave a Comment