Skip to content

1,99% de deflação em julho, pelo menos no mundo virtual

graph-down

Você está cansado(a) de ouvir falar em inflação todas as vezes que vai assistir jornal da televisão? Já está de saco cheio de ver gente mandando pesquisar preços antes de comprar, não fazer compras parceladas e gente falando no fantasma da inflação que vai devorar o seu salário?

Pois saiba que existe um universo paralelo chamado Internet, onde foi registrada uma deflação de 1,99% no mês de julho. Nesse reino, as lojas ficam à distância de alguns cliques umas das outras e não tem vendedor querendo te enfiar uma gravata marrom com bolinhas verdes quando você compra uma raquete de tênis.

O índice foi medido pela FIA (Fundação Instituto de Administração) em seu índice e-Flation (criativo, não?). Percebeus-se porém que os preços de CDs e DVDs sofreram alta no período. Parace que o pessoal das gravadoras não toma jeito mesmo.

Não é novidade nenhuma que as lojas virtuais fazem muito mais promoções que as lojas convencionais, físicas. E elas se aproveitam das datas especiais para atrair ainda mais o consumidor com preços abaixo do mercado tradicional, parcelamento em várias parcelas, grande variedade de itens e o conforto de comprar em casa. Além disso o cliente pode fazer grandes pesquisas de preços sem ter que gastar um tanque de combustível e procurar vagas para estacionar.

2 Comments

  1. Cara, faz 10 anos que eu compro coisas pela Interweb e nunca me arrependi. A vantagem suprema de você dar três ou quatro cliques e só esperar chegar o produto é maravilhoso!

    Umas duas ou três vezes que preferi ir em loja do que pegar pela web – caso do meu Mac – mais pela pressa de ter do que realmente ter alguma vantagem.

    E que os preços continuem a cair na Interweb, faz a alegria da gente!

    • Como eu não aguento esperar muito, e sou muito visual, eu gosto de comprar em lojas, e pegar no que estou comprando. Mas produtos eletrônicos geralmente eu compro online. Mas realmente não há comodidade maior que comprar sentado em casa, sem trânsito, sem flanelinhas, sem vendedores pentelhos (hoje eu fui bem atendido, exceção).

Deixe uma resposta