Skip to content

Tag: fones

Os jovens estão ficando surdos?

Uma pesquisa realizada com jovens na Holanda constatou que devido ao uso de fones de ouvido em volumes altos e música em volumes também nocivo têm provocado uma perda de capacidade auditiva de quem usa esses equipamentos. E não é muito difiícil de comprovar esses resultados em qualquer sala de aula de qualquer escola ou Universidade de grandes cidades.

O tipo de dano à audição causada por exposição excessiva a altos níveis de ruído se chama Perda de Audição Sensorineural. Segundo tópico na Wikipedia, uma exposição de 2 horas a um nível de ruído de 91db já pode ser danosa. Na verdade, um longo tempo de exposição a ruídos de 70db já é prejudicial. Imagine para a maioria das pessoas que gerlamente usam seus ipod’s a 110db…

Segundo os pesquisadores, a única forma de prevenção a perda de audição por esses motivos seria que os fabricantes limitassem a quantidade de decibéis que seus produtos geram, e não contar com o bom senso dos usuários. Mas com certeza, quem ouve música em dispositivos móveis provavelmente não vai aprovar a idéia de ouvir suas músicas em níveis de música ambiente.

Mea culpa: Eu também sou um dos usuários frequentes de fones de ouvido e admito que minha capacidade auditiva já não é mais a mesma. Mas sempre tento usar o mais baixo possível, e uso fones com isolamento acústico, para ouvir músicas num volume mais ameno.

Fontes: Engadget e Wikipedia

Leave a Comment

ipod não pode!

ipod-family

O vocalista da banda Charlie Brown Jr., Alexandre Abrão, mais conhecido como Chorão foi obrigado a desembarcar de um vôo da Gol sábado, dia 8, pois portava um ipod, que segundo a empresa aérea não foi desligado como solicitado pela comissária de bordo.

Chorão argumenta que desligou o aparelho como solicitado e que apenas deixou os fones nos ouvidos para amenizar o som da aeronave e poder dormir. A notícia completa está aqui.

Não é de hoje que as pessoas que tratam com o público vêm fazendo confusão com equipamentos eletrônicos. Num post do Meio Bit, é relatada uma lambança de agentes de segurança num aeroporto nos Estados Unidos por conta de um notebook sem HD e sem drive de leitura optica. O noke em questão era o MacBook Air, com drive SSD no lugar do HD convencional. A versão tupiniquim veio mais baratinha, em forma de ipod. Seja de um jeito ou de outro, as empresas que contratam pessoas para lidar com o grande público, como empresas de segurança, aéreas e muitas outras deveriam dar algum tipo de treinamento aos seus funcionários para evitar que essas cenas se repitam.

Aparelhos eletrônicos não são o diabo de plástico como muita gente pensa. Um simples ipod não vai interferir nas comunicações do avião. Nem tão pouco os celulares no modo de vôo. Afinal, o modo de vôo foi feito para ser usado no avião. Mas tente usar um celular nesse modo no avião. Para as comissárias é pior que portar uma granada! Se for assim, que todos guardem os relógios e os alarmes de carro (esses sim emitem ondas) na mala. E sem bateria.

SUGESTÃO: Que tal se alguém entrasse no avião com fones de ouvido nas orelhas e com o plug solto, mas escondido? Qual seria a reação da aeromoça ao ver que não tem nada ligado àqueles fones? Pena que não viajo de avião tão cedo…

1 Comment
%d blogueiros gostam disto: