Skip to content

Tag: BOPE

Imprensa responsável? Não mesmo!

O caso Eloá expôs uma face amadora e completamente irresponsável da imprensa brasileira. O Terra Magazine fez uma entrevista com Rodrigo Pimentel, ex-comandante do BOPE em que ele afirma que a postura da mídia chega a ser criminosa. É absolutamente absurdo um seqüestrador, em pleno seqüestro, ser entrevistado por emissoras de televisão. Na entrevista, se afirma que o capitão que conduzia as negociações teve dificuldades para entrar em contato com Lindemberg e não conseguiu, pois a Sônia Abrão estava tentando falar com ele. Jornalista e apresentador agora fazem “Negociação de Seqüestros” na faculdade? Na entrevista, Pimentel cita um seqüestro em Nova Iorque, em 1972, em que houve o retorno de um refém ao cativeiro, e a imprensa falava o tempo todo com os seqüestradores.

Hoje de manhã, a Ana Maria Braga telefonou para a Nayara, que estava no interior de São Paulo, provavelmente tentando fugir do assédio da imprensa e querendo descansar um pouco e se desligar do terror que ela viveu. Foi um verdadeiro interrogatório, de cerca de 25 minutos, em que a apresentadora perguntou detalhes sobre o seqüestro, o dia-a-dia no cativeiro, os tiros, a invasão, as conversas com a amiga. Tudo isso por um pouco mais de audiência.

Por isso que sou sim a favor de leis que chamem a Imprensa à responsabilidade de seus atos. Talvez, sem a interferência dos repórteres da RedeTV!, Globo e Record as negociações pudessem ter avançado de uma forma diferente, e o final da história poderia ter sido diferente. A imprensa sabia o que estava fazendo e mesmo assim agiu de forma inteiramente irresponsável por alguns pontos a mais de IBOPE.

Devo também dar meus parabéns ao Datena, a quem já critiquei aqui por sua postura como formador de opinião. Em seu programa, durante o seqüestro ele falou: “Jornalista não é negociador.” E preferiu não entrevistar o bandido, mesmo tendo o número de telefone. Foi muito ética a postura dele, e mudou completamente a forma como eu o vejo como jornalista. Agora só falta ele aprender mais um pouco sobre internet.

Foto: Ernst Moeksis

3 Comments
%d blogueiros gostam disto: