Skip to content

Tag: aniversário

Aniversário de Brasília, 49 Anos

brasilia_noite

Hoje, 21 de abril de 2009, Brasília comemora seu aniversário de 49 anos. A cidade que fora projetada para abrigar 500 mil pessoas na virada do século, hoje conta com quase 2,5 milhões de habitantes. Com isso, alguns problemas das grandes cidades estão se tornando parte da vida da cidade. Várias cidades satélites nasceram para abrigar a demanda habitacional que se impôs, e nos últimos anos vários condomínios horizontais (fechados ou não) foram se anexando às cidades, e agora se mostram como o maior desafio habitacional do Governo.

Brasília foi desenhada cuidadosamente em todos os seus detalhes. Na Esplanada dos Ministérios, por exemplo, o prédio mais alto é o Congresso Nacional, para simbolizar que a vontade do povo é a coisa mais importante do país. Seu formato em H, há quem diga, representa a palavra Humanidade. Tudo muito lindo, na teoria.

Mas me sinto muito orgulhoso de ter nascido nesta cidade, nascida a partir de um mosaico formado por pessoas vindas de todos os cantos do país. Pessoas que formaram uma cidade e geraram uma nova geração de pessoas, que não tem sotaque específico (não carrega no R como os paulistas e nem chia como os cariocas), que conhece os endereços por Quadras e Conjuntos e não por Ruas com nomes variados. E que acha tudo isso completamente normal. De ter nascido em uma cidade que poderia até ser considerada minimalista, se não fosse tão esplêndida nos seus detalhes micro, enquanto seus aspectos de funcionalidade e praticidade são considerados até hoje.

Quanto às festas, hoje o dia será ativo, e a Esplanada deixa de ser um centro administrativo para se tornar o centro de lazer da cidade. O governo investiu pesado para oferecer ônibus a R$1 e metrô de graça. Além disso houve uma corrida de revezamento de manhã (que eu participei ano passado) e vão ocorrer também shows da Xuxa, Jota Quest, Claudia Leite, Sorriso Maroto e Jorge e Matheus, com início às 17h. Uma cavalgada com 5 mil pessoas também se dirige à Zona Central, carregada de simbolismo.

Ao contrário do que geralmente ocorre (não sei se espontaneamente), os programas de televisão em rede nacional estão comentando com intensidade o aniversário da cidade. No programa do Otávio Mesquita, na Band, esta madrugada, o apresentador falou da festa e de suas atrações. No Bom Dia Brasil de hoje, da Globo, também foi destinado certo tempo a falar do aniversário da Capital do país e de seu povo.

Para quem quiser saber um pouco mais sobre a história de Brasília, de forma rápida e simples, este artigo do HowStuffWorks brasileiro conta como foi escolhido o local onde a cidade foi construída, além de fatos históricos. Só fica a ressalva que assim como Brasília é famosa por não ter esquinas, nós também não temos municípios nem prefeitos.

Leave a Comment

FELIZ ANIVERSÁRIO BRASÍLIA!

 Brasilia

Há 48 anos um sonho centenário virava realidade. Brasília foi inalgurada em 21 de Abril de 1960 e de lá para cá tornou-se o centro nervoso das principais decisões do país. É fato que o DF como um todo não é nem nunca foi um lugar dos sonhos, mas é um lugar de sonhos. Como o de milhares de pioneiros que para cá vieram e construiram tudo que aqui existe. Como os que vieram depois, deixando seus Estados de origem e muitas vezes a própria família numa angústia de uma volta para que fossem buscados que por muitas vezes nunca ocorreu.

Por hábito chama-se de Brasília tudo aquilo que compreende as Regiões Administrativas do DF. Ora, porque não? Se muitos de seus habitantes dependem da "Brasília" geograficamente oficial para trabalhar, comprar, passear… É algo tão sutil que muitas vezes nem se percebe a divisão que existe no papel. O fato é que existe o Plano Piloto e as Satélites. No mais tudo é Brasília.

Sou filho dessa cidade, nascido no final da Avenida W3 Norte, mais específicamente no Setor Médico Hospitalar Norte. Em Brasília tudo é dividido em setores e quadras. Não há ruas, com nomes de pessoas que muitas vezes nunca ouvimos falar. E ainda tem gente que vem de fora e diz que andar em Brasília é muito difícil pois tudo parece muito igual. Se um sujeito está na 110 Norte, por exemplo, ele tem de um lado a 109 e do outro a 111. E acima a 310 e abaixo a 210. O que há de difícil nisso?

Depois de descrever um pouco da minha cidade, vamos às comemorações. Primeiro vou falar sobre a 2ª Maratona Brasília de Revezamento, onde corri sob um sol escaldante por aproximadamente 5Km. O percurso total era composto por 4 voltas de 10,5Km; e era percorrido por corredores individuais ou equipes com 2, 4 ou 8 participantes. A minha era com 8 integrantes. Além disso, haviam vários brinquedos e diversão para as crianças. Além disso, ocorreram vários shows como o da banda Capital Inicial, RBD, Leonardo e para fechar, Chiclete com Banana.

Pelos cálculos da Polícia Militar, cerca de 1,2 milhão de pessoas passaram pela Esplanada dos Ministérios hoje, e não houve nenhuma ocorrência mais grave e nenhuma briga ou tumulto até as 22:00h, o que mostra que o brasiliense realmente procurou ter um dia de alegria.

Nota:

Fica aqui registrado meu total desagrado com a emissora Rede Globo de Televisão, por tratar a Capital do Brasil como uma cidade perdida no meio do nada onde se respira apenas política e as pessoas vão embora aos fins-de-semana. Brasília é uma cidade importante para o país e merece muito mais cobertura na mídia nacional que um simples texto de 4 linhas no Jornal Nacional. O que será que o Rio de Janeiro tem de tão superior que mereça ser vendido da forma descarada que o é? É uma tremenda falta de profissionalismo isso que se faz com o restante do país. Afinal, o Rio não é sequer 15% das pessoas que vivem em nosso país, mas tem uma preferência enorme sobre os outros 85%. Acho que já passou da hora de perceber que a Capital do País mudou para Brasília, e os tempos em que tudo girava em torno da Capital também já se foram.

6 Comments
%d blogueiros gostam disto: